Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Os 12 tipos Ascendente’ Category

carangueijo

Intenção do teu Asc (quando funcionas em vibração com o Espírito): Desenvolveres uma relação com a Vida a partir da tua inteligência emocional capaz de interagir com o mundo exterior em perfeita sincronicidade com o teu mundo interior, com os teus ritmos internos. Nessa altura estarás em perfeita sincronicidade com os ritmos da Vida. Aprender a transformar as memórias e o passado em experiência, em aprendizagem. Entenderes exactamente que emoções e sentimentos te impulsionam e são produzidos em ti através da tua relação com o exterior. Teres a capacidade de desenvolver uma estrutura interior sólida (sem cordões umbilicais dos quais cries dependência), e a partir da qual possa escoar o teu dom de nutrir e de cuidar para que as tuas iniciativas sejam geradoras de vida e consigas lidar com o mundo a partir da Intuição. Saberes ser receptiv@ à vida dá-te a inteligência emocional para escolheres as sementes que pretendes nutrir e deixar germinar.

As tuas ferramentas: a tua sensibilidade, a tua receptividade, a tua capacidade de coesão e de gerar vida, a tua intuição, o teu entendimento dos ritmos da vida.

Sombras do teu Asc (quando funcionas em vibração com a personalidade): Relacionares-te com o ambiente através duma perspectiva muito pessoal. Viveres em função das tuas memórias, do teu passado, da tua história familiar como se de tudo isto fosses um satélite. Repetires-te na forma como te relacionas com a Vida ao invés de te Re-Criares. Permitires que sejas uma repetição de padrões biológicos é viveres num estado de imaturidade emocional que te mantém em modo infantil à procura de criar novos cordões umbilicais que te tragam um falso sentido de segurança baseado no que a tua memória te convence. E se viveres o presente à procura de satisfazer o passado como hás-de construir o futuro? Isso seria um grande desperdício do Presente que a Vida te dá! Se não sais deste registo a energia que investes não passará da procura daquilo que te garante a continuidade dentro de um qualquer útero biológico (e por conseguinte protector, “seguro”). Esta máscara inconsciente (Lua) escurece o desenvolvimento da tua Consciência e da tua evolução no caminho de te tornares um Individuo (Sol). É tornares-te a personificação de um código genético e agires comandad@ pelo instinto.

Regente do teu Ascendente: Lua. A sua condição (signo, casa e aspectos) vai ajudar a definir como procuras preencher a necessidade do teu Ascendente. A sua condição vai igualmente mudar a tonalidade, formato das tuas lentes (Asc) e reflectir as facilidades e desafios mais prováveis. Onde procuras a tua segurança emocional? Onde podes desenvolver a tua sensibilidade e capacidade de coesão? Onde e como as tuas memórias e passado te influenciam.

Qual o espelho em que te reflectes (Dsc): Capricórnio. Através das tuas relações aprendes a importância de trazeres racionalidade, objectividade e practicidade à tua vida, que para tudo existe um tempo. Aprenderes que o passado serve apenas para gerar Sabedoria e que tens o dever e a responsabilidade de Crescer! O nível de rudeza, rigidez ou de paternalismo que atrais através das tuas relações e/ou parcerias vai reflectir a tua capacidade em te auto-conteres, auto-controlares e auto-nutrires. É como se o outro funcionasse como os limites que não consegues (ainda) impor a ti própri@. Amadurecer através das tuas relações é aprenderes a sair do teu umbigo, a seres responsável por algo, com alguém, que tem (ela própria) as suas necessidades, e um não tem que ser o pai/mãe do outro…

Voltar para Ascendente – o que representa?

  .

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

gemeos

Intenção do teu Asc (quando funcionas em vibração com o Espírito): A mente racional e o intelecto são as formas que utilizas para te relacionares com a Vida e com o ambiente que te rodeia. Nesta relação imediata é importante não esqueceres que a mente é apenas um mensageiro e tradutor. Como regente de Gémeos ela ainda não discrimina nem atribui significado à informação que recolhe. Mas ela ajuda-te sim a procurá-la, a querer saber mais, permite-te viver uma panóplia de situações e experiências que aumentam a perspectiva da tua lente sobre a vida, que não te deixa ficar limitado(a) por apenas uma parte dos factos ou preso a um dogma ou crença sem antes entender os seus princípios, que te possibilita analisar o ambiente que te rodeia e a questionar os acontecimentos com a racionalidade, a objectividade e a imparcialidade necessárias para poderes fazer as tuas escolhas e opções de forma Consciente. Não é por acaso que Mercúrio é o planeta mais próximo do Sol. As suas faculdades potenciam a recolha de mensagens e a tradução de informação que permitem o desenvolvimento da Consciência. E talvez ajude não te esqueceres de que tudo o que se manifesta na tua vida teve primeiro origem no teu Pensamento. Por isso imagina a importância que esta energia tem sobre a tua relação com tudo o que acontece à tua volta.

As tuas ferramentas: a tua mente, a tua capacidade de conduzir informação, de raciocinar, de questionar, de analisar, de comunicar, de aprender, a tua curiosidade, imparcialidade, versatilidade e adaptabilidade.

Sombras do teu Asc (quando funcionas em vibração com a personalidade): Podes ficar perdido(a) na quantidade de informação que a tua mente recolhe, sem que consigas atribuir a qualidade necessária aos pensamentos e factos que inundam a tua cabeça. Esta máscara intelectual e racional pode deixar-te sem sentido e sem orientação, sem propósito e sem saberes que caminho tomar, sem saberes em que informação confiar. Agora adivinha o porquê dessa dualidade em ti… porque esse não é o trabalho da mente racional… ela é apenas um mensageiro, um tradutor. Recordas-te? E se tudo começa no pensamento, imagina quão condicionada ficará toda a expressão do teu Ser enquanto não entenderes isto. Quão fragmentada pode ficar a tua personalidade, sem saberes que orientação dar à tua energia.

Regente do teu Ascendente: Mercúrio. A sua condição (signo, casa e aspectos) vai ajudar a definir como procuras preencher a necessidade do teu Ascendente. A sua condição vai igualmente mudar a tonalidade, formato das tuas lentes (Asc) e reflectir as facilidades e desafios mais prováveis quando utilizas a tua mente racional. Quão feliz ou infeliz se sente o teu mensageiro? Qual o tipo de transístor que utilizas? Comunicas em mono ou em stéreo?

Qual o espelho em que te reflectes (Dsc): Sagitário. Através das tuas relações aprendes a importância de Silenciar a tua mente, a desenvolver um conjunto de valores que guiam o teu intelecto na procura de informação, que a orienta. Ela aprende a servir um princípio, uma filosofia, um conhecimento que faça sentido e te expanda. Mostra que existe muito mais para além daquilo que a tua mente racional consegue explicar, conceber ou entender. E que não é porque não consigas arranjar uma explicação lógica e racional que algo não exista… Mercúrio era o Mensageiro dos Deuses na mitologia grega, ele conduzia informação Divina. Para poderes aceder ao conhecimento dos Deuses na tua “Vida Real” é primeiro preciso Acreditar que eles existem para depois poderes ouvir as suas mensagens! Expande o teu horizonte! Só assim poderás usar todo o potencial que o teu Asc te permite. Gosto de imaginar que o funcionamento da mente assemelha-se ao funcionamento dos nossos olhos. Ambos recolhem informação a todo o segundo, mas existe um centro integrador que faz a “selecção” das imagens que captam e atribui-lhes significado de forma a que procuremos no ambiente que nos rodeia apenas aquilo que nos interessa. Imagina se dependêssemos apenas daquilo que os olhos recolhem…

Voltar para Ascendente – o que representa?

  .

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

taurus

Intenção do teu Asc (quando funcionas em vibração com o Espirito): Com Touro no Asc vens aprender a desenvolver uma ferramenta importantíssima, o Amor à Vida, não às formas, mas à sua Essência. Essa abordagem permitir-te construir (algo que Touro adora!) um caminho onde os recursos para o desenvolvimento da tua Consciência não irão faltar. Aprenderes a usufruir correctamente dos recursos que a Vida te disponibiliza (diferente de possuir!) porque isso vai ajudar-te a perceber que, independentemente do que te possa faltar cá fora, os teus recursos, as tuas competências, os teus valores serão suficientes para fazeres a Vida acontecer. Compreender a Lei da Atracção, que tudo o que atrais (em abundância ou escassez) é reflexo do teu próprio valor. Por isso não são as formas que importam, mas a essência e a qualidade (Vénus) dos teus valores e com os quais abordas a Vida, que vão determinar a abundância que vais atrair. É essa compreensão que te permitirá viver em paz e em verdadeira harmonia com o ambiente que te rodeia, bem como devolver à Vida essa riqueza (é a arte da pa(z)-ciência). As tuas ferramentas: o teu magnetismo, os teus recursos pessoais, a tua perseverança, a tua paz, a tua capacidade de gerar harmonia e de dar forma à energia, o teu Amor à Vida.

Sombras do teu Asc (quando funcionas em vibração com a personalidade): Os teus objectivos e aplicação da tua energia pessoal podem estar essencialmente direccionados para a obtenção de conforto, segurança, prazer e estabilidade material. E isto pode tornar a tua visão da Vida limitada ao que consegues “apalpar”, tocar, mexer, acumular (…), enfim, à necessidade de manter inalteráveis as formas que os teus projectos adquirem, e pela superficialidade daquilo a que consideras como vida harmoniosa e tranquila (a satisfação dos teus desejos pessoais). Precisas de estar alerta se o peso daquilo que constróis não inibe a tua capacidade de desenvolveres algo com mais valor. E se assim é deverias perguntar-te se o valor excessivo que dás a toda esta visão materialista esconde a escassez de confiança no teu valor-próprio e auto-estima? Esta máscara pode estagnar o desenvolvimento da tua relação com a Vida e não te permitir obter as ferramentas necessárias para que possas apoiar o desenvolvimento da tua Consciência.

Regente do teu Ascendente: Vénus. A sua condição (signo, casa e aspectos) vai ajudar a definir como procuras preencher a necessidade do teu Ascendente. A sua condição vai igualmente mudar a tonalidade, formato das tuas lentes (Asc) e reflectir as facilidades e desafios mais prováveis. Quão feliz ou infeliz se sente? Onde vais procurar desenvolver o teu valor, os teus recursos e usá-los como as ferramentas que te permitem enfrentar o mundo. Mostrará quão facilitada ou dificultada está a tua capacidade de desenvolver essa auto-estima e valor próprio.

Qual o espelho em que te reflectes (Dsc): Escorpião. Através das tuas relações aprendes a aceitar que “vão-se os anéis e ficam-se os dedos”, a perceber que o que importa é a energia que se oculta por detrás dessas formas e que sem a sua “morte” a energia não se liberta, não se transforma em algo melhor. Os outros permitem-te viver experiências que desafiam a tua necessidade de segurança (principalmente material e sensorial) e ajudam-te a viver os conflictos necessários através dos contextos de perda que te fazem sair da tua zona de conforto, em confiares em algo mais profundo que apenas aquilo que os teus sentidos te devolvem, a aprofundares o teu valor (próprio). Quanto maior for o teu apego à matéria, a essas formas e segurança que tu tanto valorizas, maior poderá ser a sensação que as tuas relações te vampirizam e drenam a tua energia. Mas já sabemos que tudo é um reflexo de nós mesmos (neste caso da tua resistência à transformação e à “máxima” de que a morte faz parte da vida…). Integrares esta Sabedoria permitir-te-á entender que a energia não se perde, apenas encontra formas mais refinadas de expressão, em aliviar o peso dos recursos exteriores que acumulas sem que a Vida te tenha que “forçar a perder” através das tuas relações e a criar o espaço necessário para que possas construir novos níveis de Consciência em ti, a construíres formas mais profundas de viver a Vida.

Voltar para Ascendente – o que representa?

  .

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

carneiro

Intenção do teu Asc (quando funcionas em vibração com o Espírito): Capacidade de abrir caminho, de ser pioneiro, de semear a energia que permite novos inícios. Aqui temos “dose dupla” (é o signo de Carneiro a abrir a Casa I, cuja energia está naturalmente associada a este signo). A vida é literalmente interpretada como um permanente nascimento. Permite-te a Coragem para viver de forma destemida, porque isto de estar na linha da frente não é para qualquer um. Traz a Coragem para Seres, para consolidares da tua Identidade e semeares novas oportunidades que te desenvolvem a Consciência.  As tuas ferramentas: a tua coragem, a tua força, a tua energia, a tua assertividade, o teu pioneirismo.

Sombras do teu Asc (quando funcionas em vibração com a personalidade): Sem a devida “educação” o guerreiro em ti pode sentir que a vida é um campo de batalha constante, que a qualquer momento podes ser atacado ou tens que defender o teu território. Sentires que a única forma de estares vivo é passar de conquista em conquista, viver de impulso em impulso. Vencer ou ser vencido… Isto coloca-te num caminho altamente individualista e solitário porque a energia que imprimes através da tua personalidade pode ser demasiado agressiva ou impositiva, sem espaço para mais ninguém. O mundo vê-te sempre de espada na mão, e isso dificilmente permite a partilha e a aproximação.

Regente do teu Ascendente: Marte. A sua condição (signo, casa e aspectos) vai ajudar a definir como procuras preencher a necessidade do teu Ascendente. Vai igualmente mudar a tonalidade, o formato das tuas lentes (Asc) e reflectir as facilidades e desafios mais prováveis quando procuras viver a Intenção do teu Asc. Quão feliz ou infeliz se sente o teu guerreiro? Qual a natureza das tuas batalhas? Quais as ferramentas que usas para as tuas conquistas?

Qual o espelho em que te reflectes (Dsc): Balança. Através das tuas relações aprendes a equilibrar a tua energia pessoal, o uso da tua força e determinação. Reconheceres a importância do compromisso, da alegria e mais valia que existe na partilha de metas e objectivos. Que tudo isto não te retira a independência e autonomia que tanto prezas, nem te enfraquece. Os outros “forçam-te” a entenderes que existem outras formas de lutar e que é sempre necessário ponderar os dois lados da balança antes de tomares o impulso para a acção. Mostra-te que o Amor é fundamental para que escolhas sabiamente aquilo pelo qual vale a pena lutar. Desenvolveres esta Sabedoria permite-te aliviar o fardo e o peso que tem a tua espada.

Voltar para Ascendente – o que representa?

  .

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

%d bloggers like this: