Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘2018’ Category

Lua Nova a 17º Virgem

9 de Setembro

À data em que ocorre esta Lua Nova, todos os planetas, à excepção de Quiron em Carneiro, estarão a transitar signos de Terra e Água. Todos os transpessoais mantém o seu movimento retrógrado e Saturno terá passado a directo no dia 6 de Setembro.

As energias direccionam a atenção da nossa Consciência para temas mais concretos e exigem uma forte reflexão para o que precisa de ser transmutado. Estamos mais sensíveis à realidade material, com necessidade de objectividade e pragmatismo, bem como aos processos internos, essencialmente subjectivos, que são determinantes e influenciam toda a nossa realidade manifesta.

Este eixo Virgem Peixes, corresponde à energia do 2º raio – Amor / Sabedoria – e do 6º raio – Devoção ou Idealismo. Trabalhar a energia do signo de Virgem através desta Lua Nova permite-nos a humildade para os processos de aperfeiçoamento individual que servem para nos preparar como veículos de expressão de verdadeira cura e serviço. Esta humildade permite-nos ultrapassar o orgulho e a hipersensibilidade de nos analisarmos ao detalhe e perceber como ainda temos tanto para evoluir. Se temos vivido um falso sentido de amor incondicional, devotos a um ideal que a poucos serve a não ser o meu próprio ego e necessidade de idolatração de algo que me faça escapar do que é desagradável, então esta é a altura ideal de sermos realistas e trabalharmos no sentido de purgar a nossa consciência dos mecanismos de auto-sabotagem a este processo de aperfeiçoamento e humildade. A oposição desta Lua Nova a Neptuno em Peixes intensifica este processo de Consciência permitindo o confronto com a desordem e o caos interno sobre o qual construímos a nossa vida.

Por outro lado, porque falamos sempre em termos de potencial, temos aqui a oportunidade para materializar aquilo a que a astrologia esotérica chama de “Consciência Crística”. Organizamos as formas e a matéria para que possa germinar e crescer uma semente de algo inspirador e, com verdadeira humildade, podermos desenvolver um trabalho que possa ser útil e servir ao nosso desenvolvimento bem como de outros.

O trígono a Plutão em Capricórnio é uma excelente oportunidade para efectuar as reformas necessárias para que a matéria se organize nesse sentido.

É com frequência que refiro, ou gosto de relembrar, que o elemento Terra é frequentemente reduzido às circunstâncias materiais da nossa vida mundana e que o seu valor e potencial é facilmente negligenciado. A Terra corresponde ao estado mais denso da energia. Ela é a consequência das nossa crenças, ideias e sentimentos. Por isso desenvolver esta Consciência através do elemento Terra é igualmente uma oportunidade para validarmos as nossas verdades, intenções e emoções. Permite-nos o tempo certo para tomarmos consciência das nossas “realidades” que foram construídas e edificadas com base nas nossas escolhas. Separamos o trigo do joio para que a ordem se possa manifestar.

Com esta Lua Nova em Virgem é caso para dizer,

Bom Trabalho.

*

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Anúncios

Read Full Post »

*

Lua Cheia a 4º45′ de Aquário – 27 de Julho de 2018
Eclipse Lunar Total

Esta Lua Cheia que ocorre no dia 27 de Julho é particular pela sua relação com o eixo nodal, Marte, e também Úrano, trazendo fortes exigências ao nível pessoal e colectivo, no que respeita à necessidade de integração desta energia nas nossas consciências. A simbologia de um eclipse implica sempre a necessidade de síntese e transmutação da energia, em que a crise e a perda de algo permite o desenvolvimento da Consciência (para aprofundar a simbologia do que é um eclipse consultar o inicio do artigo; https://ascendentt.wordpress.com/2017/08/19/2237/).

Colectivamente, através do T-Square que Úrano em Touro faz com o eixo nodal, Marte, com a Lua e o Sol em Aquário / Leão, esta é uma oportunidade de compreendermos o momento de impasse em que nos encontramos. Podemos reconhecer a alienação que criamos nas nossas vidas e como isso nos colocou na posição em que nos encontramos actualmente. Podemos aproveitar para reflectir na forma como estamos organizados enquanto sociedade e como nos posicionamos e enquadramos, enquanto indivíduos, com relação à sua noção de ordem e às suas ideologias. Ao mesmo tempo que assistimos com uma sensação de impotência ao flagelo social, ambiental e existencial em que nos encontramos, sabemos que precisamos de mudar os valores sobre os quais construímos a sociedade e o mundo em que vivemos para podermos resgatar o Poder e a força da Vontade para liderarmos um novo caminho. Torna-se importante perceber que Luz emite a nossa Estrela, quanto de nós brilha o melhor de nós mesmos, pelo melhor do mundo. Onde nos perdemos da nossa Consciência, e sentir, onde bate o nosso Coração. Esta Consciência permite-nos olhar para o mundo com Amor e através desse Centro, desenvolver a Sabedoria que apenas esse Amor revela.

«A sociedade é o relacionamento que estabelecemos ou procuramos estabelecer entre nós. então você e eu somos o problema, não o mundo, porque o mundo é a projecção do que somos, e para compreender o mundo precisamos primeiro de nos compreender a nós mesmos. Não conseguimos alterar a situação do mundo sem a alteração de nós mesmos.»
Jiddu Krishnamurti

A Consciência desse Amor pode começar por simplesmente aprender a amar-se a si mesmo e despertar para o contacto individual, para confiar no poder que existe em cada um de nós e que é, na verdade, suficiente para nos fazer acreditar quaisquer que sejam as dificuldades no caminho. Podemos falar desta Lua Cheia como a necessidade de desenvolvermos afirmação pessoal com todas as rupturas (mais ou menos intensas) que acompanham qualquer processo de libertação. Por vezes são momentos como este que nos ajudam a tomar consciência de como ainda vivemos condicionados pelas nossas ideologias, valores essencialmente materialistas, relações “virtuais” e como, através de tudo isto nos encontramos “fragmentados” e nos distanciámos tanto de nós mesmos. E podemos aprofundar ainda mais esta intenção, reflectindo como esta afirmação de nós mesmos pode tornar-se ainda mais autêntica enquanto seres Divinos, capazes de ver concentrados em nós o Poder da Criação (a verdadeira consciência de Leão, com a personalidade – a que chamamos de ego – minimamente integrada nesta Consciência maior).
A descoberta desse Amor (Leão), que é Real e Autêntico, pode e deve ser partilhado com os outros, com o mundo, distribuido através da rede (Aquário) que melhor for apropriada para nós, para a nossa consciência.

O signo de Leão canaliza a energia de 1º raio – Poder e Vontade – e de 5º raio – Conhecimento Concreto ou Ciência. A manifestação desta consciência é feita através do Sol (seu regente) que canaliza a energia do 2º raio – Amor, Sabedoria. Talvez fosse apropriado dizer que, independentemente da forma como cada um de nós poderá manifestar esta consciência da Lua Cheia em Aquário, que a sua intenção é essencialmente a manifestação, concreta, real e autêntica do único Poder que é capaz de Criar a Vida e que é, a própria Vida, a que chamamos de “Amor”. Que é Consciência, que é Sabedoria. Através desta fonte inesgotável de Prana (Leão), estamos disponíveis para distribuir a energia e “dar de beber ao mundo” (Aquário). E isto apenas pode acontecer, quando formos Leais e Honestos, no caminho para a descoberta da Verdade sobre nós próprios.

Que somos, afinal, tão somente e Essência-lmente, o bater do nosso Coração… ❤

*

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

%d bloggers like this: