Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘compaixão’

Trânsito de Neptuno em Peixes

Inspiração ou Ilusão? Transcendência ou Utopia? Sacrifício ou Martírio? Qualquer uma destas hipóteses pode surgir durante a influência de Neptuno. O que me parece importante é perguntarmo-nos o quão sintonizadas estão as nossas antenas cósmicas? Estaremos envolvidos pelas águas que diluem ou pelas que beatificam (Águas de Compaixão, de Amor e de Paz)? Por estar filtrado pelo seu próprio signo a sua manifestação energética é mais forte e mais pura mas a qualidade da sua expressão nas nossas vidas estará dependente de quão afinados estamos com a Consciência Divina. Para que possamos estar em União nessa Consciência, as arestas da personalidade que impedem a Identificação com a Essência Universal precisam ser diluídas. Neptuno dissolve para poder unir. Com este seu posicionamento, a União é através da Alma, através do Sentir porque a Alma não pensa. Com isto não quero dizer que com Neptuno em Peixes tenhamos que parar de pensar. Significa que o pensamento deverá estar ao serviço como o veículo que dá expressão prática à energia do Amor (ou não seria Virgem o signo oposto ao de Peixes). Desde os tempos antigos que o peixe é um símbolo daqueles que partilham os princípios da fé Cristã (sem conotações religiosas). E por isso, Jesus e os seus discípulos eram pescadores. Simbolicamente, através da fé, pescavam os Homens para as Águas Sagradas. Para podermos gerar esse Amor em nós é importante purificarmos a nossa condição, para que o Veículo possa albergar a Essência. Por isso (e muito mais motivos) podemos ver essa expressão simbólica dos Peixes no signo da Virgem: 

Para todos, sem exceção (e em particular para quem tiver energias em Peixes), Neptuno em Peixes apela fortemente à dissolvição de limites sem que percamos o nosso centro. Caso contrário, ficaremos confusos, desiludidos, intoxicados, perdidos se não colocarmos a nossa mente discriminativa ao nosso serviço: separar o trigo do joio, libertarmo-nos daquilo que não mais nos deixa evoluir, de todas as camadas que nos separam do Amor e lidar com a Vida a partir do Centro da Vontade de Deus.

Mas não é possível ver através de Neptuno com as lentes da personalidade (é preciso contornar o “Bojador”). É importante transcender essa condição, e é por isso, que quando o fazemos, conseguimos Amar Incondicionalmente (sem condições!). A focagem pela energia Neptuniana apenas é possível com a 3ª visão, a lente da Alma, fora da polarização, enfocados no vértice superior do Triângulo (o Homem de Vitrúvio de Leonardo Da Vinci). Aquela lente que nos permite ver no interior das águas sem corrermos o risco de deformar a imagem e de nos perdermos nas ilusões das formas.

E é claro que, para Portugal, esta entrada de Neptuno no signo do qual é regente é especial, ou não fossemos nós Peixes. Este sentido de Absoluto, que em outros e tão atuais tempos tentámos alcançar e conquistar, está mesmo aqui dentro de nós. A procura não está mais no exterior.

Durante 15 anos Neptuno em Peixes é Rei. Ele não garante a Iluminação, apenas teremos a promessa de refinamento. E no fim de tantos choros e rezas veremos que “tudo vale a pena” porque “a Alma não é pequena”. O salto para as águas de Neptuno em Peixes é um Salto no Silêncio, uma dádiva dos Céus para que possamos ouvir apenas aquilo que é importante. E no Silêncio, ouvimos a voz de Deus…

Neptuno voltará a fazer sêxtil a Plutão em Capricórnio entre 2014 e 2023 (sem nunca fazer aspeto exato pela retrogradação de Neptuno). É a oportunidade para que a personalidade possa renascer para o Espirito, já que Neptuno estará em aspeto harmonioso com o regente esotérico de Peixes (Plutão). Mas para isso terá que ter passado primeiro pelo processo de refinamento com Alma. O primeiro salto da personalidade dá-se em Escorpião cujo papel de Plutão é o renascimento que nos amplia a condição inicial, que nos mostra a Verdade e nos aponta o Caminho (Sagitário). Depois de percorrido o Caminho, Plutão, como regente esotérico de Peixes, é o renascimento para o Espirito, a União com o Pai. Portanto, são tempos únicos, maravilhosos, já que Plutão está em Capricórnio, que simboliza a Iniciação do Discípulo. Em 2013 Saturno em Escorpião, estará em sêxtil com Plutão e trígono a Neptuno pedindo a materialização e a cristalização da Iniciação que nos vincula ao Amor de Cristo através da aceitação do processo de regeneração. Saturno marca o tempo e estes são Tempos de Transformação através da via do Amor.

É Tempo de Navegar… Mas de olhos abertos para que possamos Ver quando chegarmos à Casa do Pai.

Assim Seja!

MAR PORTUGUÊS
Ó mar salgado, quanto do teu sal
São lágrimas de Portugal!
Por te cruzarmos, quantas mães choraram,
Quantos filhos em vão rezaram!

Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!
Valeu a pena? Tudo vale a pena
Se a alma não é pequena.

Quem quiser passar além do Bojador
Tem que passar além da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu,
Mas nele é que espelhou o céu.

(Fernando Pessoa)

 

 

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

%d bloggers like this: