Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Saturno em Sagitário’

Diapositivo1

“Nasci da relação entre a Terra (Gaia) e o Céu (Ouranus) e por isso Sou Eu quem garante que se viva «Assim na Terra como no Céu». Eu Sou a Sabedoria que se forma a partir da compreensão que existe na relação entre estas duas realidades. Mas a vossa imaturidade espiritual não permite ainda que estejam no Centro destes dois planos, que estejam equidistantes entre a Terra e o Céu.  Queríamos que compreendessem as Leis do Céu na Terra, através da vossa relação com a Natureza mas vocês identificaram-se progressivamente mais com as formas do que com a Essência. O elemento que passou a dominar foi a Terra. E este foi um dos motivos pelos quais reduziram a minha Essência a este elemento. E durante muitos séculos eu fui o guardião do sistema solar aos vossos olhos. Eu fui o máximo que conseguiam ver e saber porque grande parte da vossa existência na Terra foi o reflexo da vossa densidade interior. É o que acontece à Terra sem o Céu, densifica, torna-se opaca e sem Vida. Infértil… preocupavam-vos e motivavam-vos essencialmente os assuntos terrenos, claro está. E ninguém diria que já passaram milénios… parece que foi ontem! Grande parte de vós continua a estar mais preocupado com as mesmas formas…

Recordo-vos que durante o meu Tempo, fui responsável pela Idade do Ouro. Ouro como significador de Consciência e não como significador de valor material! Essa é a vossa maior limitação, procuram a riqueza no sítio errado… o que Eu quero dizer é que havia Paz e Harmonia porque o Homem respeitava as Leis e por isso funcionava em perfeito equilíbrio com o ambiente que o rodeava, a relação com a Terra era respeitosa. Usávamos apenas o que dela necessitávamos. Imagino que deve ser difícil reconhecerem esta minha qualidade porque ainda não possuem a maturidade necessária para que vos possa passar essa Sabedoria. A Humanidade não morre de amores por Mim. «Viver apenas com o que necessitamos, oh não! Isso é muito limitador… Nós queremos viver com aquilo que desejamos!». Mas Eu compreendo, para vocês Sou apenas aquele que castrou o Pai, Sou o Senhor do Umbral (ou do Karma, como lhe quiserem chamar), comia os meus próprios filhos e portanto compreendo os medos que motivaram a imagem criada. Já pintaram quadros horríveis sobre Mim. Mas essa sombra que vêem em Mim é o vosso reflexo quando não integram a minha Essência!

Eu Sou aquilo que de mais real existe no vosso mundo. Já deviam de saber que comigo colhem exactamente o que semeiam, por isso pensem bem na qualidade da vossa sementeira ao longo de todo o vosso Tempo de existência aqui na Terra… Semeiam ventos, colhem tempestades. Semeiam Amor, colhem Abundância… de entres estes dois quais os frutos que mais têm colhido? À Humanidade foi concedido um dos maiores presentes, o da Liberdade de escolha. Mas vocês têm muita dificuldade em entender este conceito: Liberdade! O livre arbítrio é um conceito que vocês tão bem converteram em anarquia. Julgam que ser livre significa fazerem o desejam. Mas vocês são essencialmente lunares, comportam-se como crianças. São egocêntricos, agem sem pensar nas Consequências das vossas escolhas e quando a vida vos corre mal culpam os outros pelas vossas falhas e erros. Bom e como qualquer criança também vocês têm que ter limites. O que vocês ainda não entenderam é que Eu tenho a dura tarefa de vos ajudar a ultrapassarem as vossas limitações, mas Eu não Sou «A Limitação». Quem vos limita é a vossa Ignorância (ou ausência de Consciência, ou ausência de Amor, como quiserem). É ela quem define os limites da vossa Consciência e as Limitações que atraem para a vossa vida. E essa parte final da frase Sou Eu quem garante que acontece (vocês chamam-me «Senhor do Karma»). Não posso permitir que usufruam de algo mais do que aquilo que a vossa Consciência permite, apenas aquilo que merecem. Vocês têm que compreender os vossos Limites! Mas posso exigir mais do que aquilo que conseguem ser… Porque vocês podem, ou melhor, vocês São muito mais… Já é Tempo para saberem isso… bastava que aprendessem com os erros do passado. Parece fácil, mas sei bem que não é. É que acumularam tantos erros… é tanto o “passado” que ainda vos faz sombra… Mas Eu Sou um bom Pai porque devolvo-vos continuamente a Responsabilidade de lidarem com a consequência das vossas escolhas. E se está mau, não se queixem! Trabalhem-se para que os testes e os obstáculos sejam progressivamente menores. Até que encontrem o paraíso na Terra, o Céu na Terra… e vocês dizem-me, «mas eu trabalho! Muito!». Sim, parecem autênticos formigueiros. Não há pedaço de Terra no mundo onde não se note a vossa presença. Mas o vosso trabalho é mais do mesmo… E vocês cada vez são mais e os recursos (a Terra) são cada vez menos. A vós foi-vos concedida a Terra para que semeassem Amor mas usaram-na para tudo menos isso… E ao invés de perceberem os sinais continuam a insistir… Não perceberam que esse Tempo acabou?

Então como é que vamos por esta vossa casa em Ordem? Desde que Hades (Plutão) ingressou em Capricórnio a purgação do lixo acumulado é tanta que ainda não conseguimos muito espaço com ar puro e respirável para ver algo realmente novo nascer. Mas porque vocês só aprendem através da vivência e da experiência Eu tenho a obrigação de materializar as energias que correspondem exactamente ao vosso nível de Consciência. Eu Sou responsável, em primeiro lugar, por um signo de Terra. Sou Yin… Eu actuo de dentro para fora. Tu estás desordenado internamente… Por muito que lutes por organizar a matéria à tua volta não vais ter sucesso. E gostava que entendessem o que significa ter “Sucesso”. Vocês têm Sucesso quando as vossas escolhas reflectem o Céu na Terra. Eu estou no ponto mais alto a que os astrólogos chamam de «Meio-do-Céu» e Sou Eu quem inicia a quarta parte da vossa Consciência – o Colectivo. Eu Sou a estrutura que garante que cada uma das partes interage harmoniosamente entre si de modo a formar um Sistema coeso (Aquário). Tudo o que Eu faço é para o interesse do Colectivo, é para benefício de todos os indivíduos. Mas para que vocês desenvolvam esta Identidade Social, é necessário cumprir as Regras e obedecer às Leis Universais para que a Ordem exista.

Desde Dezembro de 2014 comecei o meu trabalho em Sagitário. Sou Eu quem vos educa sobre a Lei e a Verdade. E tudo se pode resumir a uma única Lei, a do Amor…. Ela é a única que vos torna colectivos e traz coesão. É a fundação onde se erguem os princípios que cada um dos arquétipos (de Carneiro a Peixes) representa. Mas vocês reduziram a minha simbologia às vossas fraquezas e estruturaram uma Sociedade baseada e fundada em princípios e leis que em nada se relacionam com o que Vos queremos Ensinar. Quem rege o vosso mundo é a lei da avareza, da sobrevivência, do mais forte, das armas, da ganância… vocês inverteram os meus fundamentos e usam os recursos do colectivo para beneficiar os interesses individuais de poucos. Usam-me sem Alma (Sentir, Água) nem Coração (Espirito, Fogo). E isso não Sou Eu… Por isso actualmente estão a viver numa Terra sem Céu, que passa por cima do Amor para chegar à sua ilusão de poder. Uma espécie de Inferno. Internamente têm ânsia de chegar ao Céu, mas usam as qualidades de Zeus para se expandirem exteriormente. Desenvolveram o conhecimento que vospermite construir torres e edifícios altíssimos para expandirem a vossa noção de ligação ao Céu, para se sentirem lá ”no Alto”… Mas não são os arranha-céus, nem os aviões ou as naves espaciais que vos levarão lá. São todos demasiado frágeis por isso a vossa queda tem sido tão grande e dolorosa. Estão a subir e a expandir da forma errada. Isso que desenvolveram ao longo do Tempo é apenas conhecimento, não é Sabedoria.

Vocês reduzem-me às vossas limitações e não vêm que Eu posso ser muito mais… Eu Sou o topo das montanhas. Há algo mais sólido do que isso na Terra? Porque é que procuram por mim pelas vias erradas? Porque vocês querem subir rápido, não é? E vale tudo para chegarem ao topo! Tudo! Não percebem que é a Consciência do Caminho que vos fortalece. Comparem o tempo que leva alguém que usa um elevador para subir até ao último andar de um arranha-céus (até o nome é curioso…) com o de um alpinista que faz todo o seu caminho até ao topo da montanha. Qual deles acham que chegou ao topo com um pouco mais de Sabedoria? Mas poucos são os que conseguem fazer o Caminho até Mim. Comparem a quantidade de pessoas que já usaram um elevador e o número de alpinistas que caminharam até ao topo de uma montanha. E tudo isto é simbólico para vos mostrar que são muito poucos os que conseguem Ver sem qualquer Limitação…

Mas vamos recordar ao longo do tempo como viveram as questões da fé, da religião, como se relacionaram com o resto do mundo e qual o vosso entendimento sobre as leis. Ao longo dos Tempos enviei-vos representantes do Céu à Terra mas a maior parte deles queimaste-os vivos, crucificaste-os, chamaste-os de bruxas e hereges. Foi apenas de há pouco mais de 100 anos para cá que começais a reconhecer os seus ensinamentos e a chamá-los de Mestres. Bom, é verdade que passastes tanto Tempo dissociados do Céu que o desespero levou a que confundissem alguns humanos com falsos gurus, mas isso faz parte da vossa aprendizagem… Isto coincide com a entrada da Humanidade na Era de Aquário e o entendimento daquilo que Sou torna-se urgente… Até Eu passei de Grande Maléfico para Mestre, Sábio, Sénex… Grandes mudanças, reconheço. Mas durante séculos preocuparam-se mais em dar tantos nomes à vossa fé que acabaram por se esquecer dos princípios espirituais que vos orientavam. E como estão desorientados… A Humanidade vive uma tremenda crise de valores. E não me refiro ao dinheiro que vos começa a faltar, refiro-me ao valor que a vida tem para vós. Têm as prioridades desOrdenadas. Só podem ter! Ninguém no seu perfeito Juízo (Consciência) quebra a primeira Lei Universal: Não Matarás! Não importa a tua espécie, nacionalidade, estatuto social, fé, religião, etnia, nada disso importa. Não é para ler: «Não matarás humanos/mulheres/católicos/muçulmanos/ricos/…! Percebem as Leis a que me refiro? Aquilo a que cada um chama de «sistema legal” é uma deficiente representação do que é a Lei! O vosso «sistema religioso» é muito limitado! Entendem? Claro que não… Por isso estão como estão! Sempre em guerra. Cada país tem o seu «sistema de leis» e cada povo o seu «sistema religioso» e só isso já mostra como não conseguem viver em Ordem. Cada um tem um entendimento diferente do que é ético, moral, permitido e penalizado… Vocês são confusos e complicados… Simplifiquem… Usem todos a mesma Lei, a do Amor! Porque onde existe Amor, não há espaço para o medo…  Somente o Amor compreende os Limites que devem ser respeitados. Para o medo não há limites para garantir a sobrevivência. Até pode matar… E quando ficam dominados por ele não vos assola o medo de perder a Dignidade, de perder a Alma? Percebem porquê os Limites são importantes? Porque é que Eu Sou importante? 

 Venho mostrar-vos quão limitados ainda estão no que acreditam ser verdade. E como funciono em sincronicidade com Hades (Plutão em Capricórnio!) as experiências vão ser intensas e profundas. É que chegaram a um extremo tal que não tenho outra forma de vos fazer ver. É tanta a vossa ignorância… depois manipulam as massas limitando a sua visão sobre a verdade. Alguns ainda ouvem as notícias e acreditam em tudo o que lhes contam. Estórias de terror onde existe sempre um que é mau (a quem vamos atribuir as culpas), as vitimas (que não têm culpa, e todas acreditam estar na hora errada e no local errado), os vilões (que manipulam os ignorantes e levam a melhor de ambos os lados) e o herói (que deveria de eliminar os maus, salvar as vitimas e prender os vilões). E de entre as Reais vitimas que perecem sobre a força da vossa prepotência não sei quem fica pior, se as que partem se as que ficam a ter que lidar com a consequência das suas escolhas ignorantes, com a ausência de Amor nas suas Vidas.

Vocês expandem-se a uma velocidade impressionante, Mas fazem-no sem Amor, sem Consciência na forma como usam os próprios recursos da Terra. Não sabem os limites… E muitos de vós são já terra infértil… 

Reconhecem-se já “pequenos grupos rebeldes”, gente a abrir um Caminho diferente. Mas as massas estão ainda muito adormecidas e tudo isto vai levar muito Tempo até que a mudança ganhe corpo. No Universo tudo vive em perfeita homeostase e Eu marco o Tempo em que o equilíbrio se restabelece na Terra (afinal Eu exalto-me em Balança porque é isso que Eu faço de melhor e quando o faço a vida está em Ordem). Eu posso ajudar-vos, mas a escolha é vossa. Procurem usar as minhas qualidades da seguinte forma:

Disciplinem, limitem e restrinjam a actividade da vossa natureza inferior. Não a deixem livre e anárquica porque torna-se perigosa. Vão encontrar muitos obstáculos mas nunca poderão ceder. Quando experimentarem insatisfação sintam a Gratidão; quando pensarem em infringir uma Lei Universal reflictam sobre as suas Consequências. Responsabilizem-se por fazer a vossa parte para que o mundo seja um lugar melhor para se viver. Imaginem-se sempre vigilantes no topo da Montanha donde conseguem ter uma visão completa de tudo o que se passa nos vossos níveis inferiores. Ditem as Leis da vossa vida com Amor para que não se deixem dominar pelo medo e serão a Paz que procuram no Mundo.

Agora sim, são a Terra pronta a receber o Céu, pronta para ser fertilizada… são um Ser completo, com Corpo, Alma e Coração bem alinhados. Estão em Ordem.

Acredito que a minha carta não seja tão poética como a de Poseidon, mas Sou Cronos… não pretendo negar a minha Natureza.

Bom Trabalho.“

*

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Anúncios

Read Full Post »

%d bloggers like this: