Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Urano’

Venus em Aquario

Vénus, planeta regente dos signos de Touro e Balança, responsável por construir e preencher a nossa necessidade de valor próprio, autoestima e relação. Através dela aprendemos a desenvolver Consciência sobre o valor que tem a matéria, o suporte que ela representa para a manifestação do Espirito. Também aprendemos a conhecer partes de nós que estão na sombra e que o outro tão generosamente nos reflecte. Tudo para que possamos acrescentar Amor e Valor à nossa Vida!

E desde que a Vénus ingressou no signo de Aquário (a 5 de Março de 2014) que estamos a ser convidados a definir a qualidade da Liberdade presente na satisfação destas nossas necessidades Venusianas. Será exactamente um mês em que somos convidados a aprender o valor da Liberdade, da Igualdade e do direito à diferença.

Quanto do que possuímos nos traz essa Liberdade.

Quanto da nossa necessidade de segurança nos impede de ser Livres.

Quanto das nossas relações espelham essas dificuldades pessoais (sim, porque a culpa de não sermos o que gostaríamos de ser não é dos outros, eles apenas reflectem a nossa desresponsabilização no processo de Sermos).

Durante esta passagem os regentes desta Vénus em trânsito estão em signos onde a mesma está naturalmente em exilio… Mesmo o seu posicionamento actual é desconfortável para aquilo que ela representa relativamente ao arquétipo do Touro…

A 18 de março 2014 – Vénus em Aquário fez sextil a Úrano em Carneiro (seu dispositor em trânsito).
Acrescentado ao facto de que Úrano é regente esotérico do signo de Balança, esta ligação traz uma excelente oportunidade para vislumbrares o que precisa ser mudado na tua vida e tomares as iniciativas que te permitem relacionar de forma mais Livre e com respeito pela diferença do outro (ou pelo menos tomares Consciência do que isso significa).

No entanto, porque Úrano está no signo de Carneiro onde a Vénus está naturalmente em exilio, o que nos é proposto é uma espécie de mudança que de Harmonioso tem muito pouco e que talvez isso implique fazê-lo sem esperar que o(s) outro(s) te siga(m).

Aproveitar as oportunidades de mudança que libertam para que a 29 de março sejamos capazes de responder com responsabilidade às transformações daquilo que ainda nos limita.

A 29 de março 2014 – Vénus em Aquário faz quadratura a Saturno Retrogrado em Escorpião (seu dispositor em trânsito)
A Vénus circula por Aquário, mas Saturno obriga-nos a mergulhar numa dimensão que pouco tem de fresca e leve. Este posicionamento de Saturno em Escorpião não é igualmente “agradável” para esta Vénus enquanto regente de Touro, já que aquilo que as experiências que o primeiro propõe são a antítese do que o segundo pretende (Vénus está em exilio em Escorpião dificultando a sensação de prazer e paz na Vida). Bom, e enquanto regente de Balança também não facilita a necessidade de estar em Harmonia… Especialmente se as tuas relações já “passaram do prazo”…

Não, o objectivo não é fazer-nos sofrer, é ajudar-nos a entender e aprender que ainda existem espaços ocultos dentro de nós que não permitem o desejo de mudança, de novas relações e a actualização dos nossos valores. E se tudo isto estiver desajustado com a proposta do Aguadeiro, então as experiências propostas por Saturno em Escorpião podem ser mais intensas que seriam se já tivéssemos criado o espaço livre necessário para a mudança. O preço a pagar para que possamos atrair essa Liberdade é assumir a dura responsabilidade de saber o que deixar ir porque Amar (inclusive – e principalmente – a nós mesmos) não é possuir… Aprender a estruturar de forma responsável a reciclagem que precisamos produzir na nossa Vida para que possamos atrair esta leveza e Amor-próprio (“se eu não gostar de mim, quem gostará?…”).

Podes sentir nesta fase que não tens os recursos suficientes para fazer o que te apetece, ao teu belo prazer. Mas também é dentro dessa limitação que aprendes o verdadeiro Valor que a Vida tem e que o prazer está, talvez, na capacidade de transcender o medo de não teres o suficiente e que afinal até passas bem sem comprar, adquirir e/ou possuir aquele determinado objecto, pessoa ou relação. É que afinal, agora que entendeste isso, agora sim, és mais Livre (pelo menos um bocadinho…).

Qual o preço que tem a tua Liberdade? O que é que estás disposto a pagar para seres Livre? O que ainda te Limita? De que é que ainda tens medo e não te deixa seguir em frente? O que a Vida nos reserva para a frente é sempre melhor que o que fica para trás.

Não há Liberdade sem a devida compreensão dos Limites (e limitações). Não há Aquário sem Saturno… Úrano está a seguir ao “Senhor dos Anéis” no Sistema Solar. Por isso primeiro é preciso passar por Saturno. Entender o que nos limita e aprender a integrá-los, trabalhá-los e transformá-los em Sabedoria. Ao Amarmos (Vénus) com Sabedoria (Saturno), somos Livres (Úrano)!

E após esta frustração pessoal (sim porque é uma quadratura) começamos a entender que atraímos (um dom e capacidade com que a Vénus nos presenteia – a Lei da Atracção) recursos, pessoas e situações mais Livres. Afinal foram-se os anéis e ficaram os dedos!

A coisa ficará bloqueada se dentro de ti ainda achares que controlas a Vida… aí ficas com os anéis (de Saturno), mas sem os dedos…

Com Saturno Retrógrado, talvez tenhamos que voltar um pouco atrás no Tempo para, em retrospectiva, percebermos melhor porque nos sentimos (talvez) desvalorizados, frustrados, sufocados e mal-amados…

É verdade que esta passagem da Vénus por Aquário é apenas por 1 mês, mas fica o desafio deixado pelas suas dinâmicas 😉 A Vida está em constante movimento, cabe-nos a nós estar atentos para não deixar o comboio passar e aproveitar cada pedacinho da paisagem.

A casa do teu mapa natal que abre com Touro e Balança vão ser testadas assim como todos os assuntos ligados à temática da casa II e VII.

Boas Mudanças!

if you love something let it go

 .

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Anúncios

Read Full Post »

2Os planetas chamados Transpessoais pretendem colocar-nos no caminho da Consciência. Actuam cada um à sua maneira mas nunca em separado. Eles agem em uníssono, como uma dança síncrona e bem ensaiada. Úrano pretende acordar-nos para a mudança acelerando a Vida e, frequentemente, criando situações de ruptura e de mudança brusca e repentina. Neptuno faz-nos sentir a um nível profundo e dissolve tudo aquilo que não É para que possamos estar Unificados com a Vida. Mexe com o sentimento colectivo. Plutão revolve ao nível mais profundo, é a limpeza final, é a purgação para que possamos reconstruir a Vida para a mudança. Ele intensifica o problema para que este se torne tão desconfortável que não o possamos ignorar. E à sua boa maneira, Plutão em Capricórnio faz-nos cair da montanha porque subimos e construímos estruturas que não correspondem à Verdade. O mais lindo verniz estala.

A entrada de Júpiter em Caranguejo é fundamental para a reconstrução das fundações. Afinal quem somos nós dentro das nossas cascas e camadas? O que é feito do miolo? Agora que já conseguimos partir algumas destas camadas secas e rijas, é tempo de procurar expansão interior (ver artigo: A Trindade das Águas). Imaginem que têm um colete de forças tão rijo, tão rijo e tão apertado que não conseguem respirar! Que não se conseguem mexer! Agora que, desde 2008 temos vindo a tornar esse colete mais lasso, temos espaço para começar a expandir a caixa torácica e respirar! Ah… Afinal estou vivo cá dentro! Mas agora que também me sinto um pouco mais, também é verdade que me sinto desprotegido. Porque, por incrível que pareça, aquilo que mais nos sufocava também nos trazia segurança! Aquilo cuidava de mim… Aquilo era o que conhecia…

Agora que, a casca à superfície está mais fina e mais maleável, é da riqueza interior que começamos a construir uma nova estrutura. Descobrimos que afinal há Vida cá dentro, que SÓ há Vida cá dentro. Fonte inesgotável de Riqueza.

Então só assim poderemos apaziguar a guerra cá fora (Úrano / Plutão). Mas é preciso saber entender as águas! Há muita agitação nas Águas… Mas como temos estas águas em aspecto tenso com Úrano em Fogo, se não baixarmos um pouco o lume a água FERVE! Justificaremos guerras exteriores de forma a colmatar necessidades interiores (Júpiter em trigono de água quadratura com Úrano em FOGO e Plutão em TERRA)? Faremos das nossas águas Tsunamis de destruição?

Júpiter vai expandir a energia de Caranguejo. Dependendo do nível Consciência, pode-se expandir a “fome de alimento” e entrar em guerra para obtê-lo (quadratura a Úrano em Carneiro) ou, expandir a vida da Alma e provocar as mudanças necessárias para nutrir-mo-nos e ao mundo a partir dessa Vida interior. As decisões para a ação são baseadas nas minhas necessidades egocêntricas ou no bem da Humanidade?

Úrano pede desapego. Não integrado a sua energia manifesta-se de forma reacionária, acelera a violência e provoca rupturas. Uso o poder para alimentar o mundo ou para alimentar a criança mimada que vive dentro de mim? Para defender a necessidade inconsciente de proteção, de território? Proteção contra o poder exterior? Ser reactivo ao poder que vem de fora? Carneiro rege a cabeça, logo é necessário um grande equilíbrio e disciplina mental sobre os impulsos para poder ser um instrumento capaz de receber as impressões do Eu Superior através do sacrifício do desejo pessoal. O Carneiro como instrumento de Coragem.

Júpiter entra em Caranguejo a 26 de Junho de 2013 onde permanece até 16 de Julho de 2014. Durante este período faz duas quadraturas exactas a Úrano (21 de Agosto – 12º; e 16 de Fevereiro – 10º) e duas quadraturas exactas a Plutão (6 de Agosto – 9º; e 26 de Janeiro – 12º). Mas é entre o dia 16 e 24 de Abril de 2014 que forma um T-SQUARE exacto (a 13º) entre Úrano e Plutão.

TSQUARE Jupiter em Caranguejo

Obviamente que esta temática é transversal a todos nós. Lembrei-me de ir ver o mapa dos EUA, onde este grau zodiacal é coincidente com o Sol deste país (posicionado a 13º Caranguejo). Eu não sei como as águas desta nação, dos seus governantes e governados podem fluir, mas aceitam-se sugestões.

EUA

Esperemos que a Consciência permita ampliar a noção de Pátria e de Família.

Esperemos que a Humanidade esteja preparada para preencher os espaços (abertos por Plutão e semeados por Úrano) com alimento Sagrado.

Esperemos que as raízes da Nova Sociedade sejam de Abundância Amorosa.

© Ana Paula Pestana, All Rights Reserved | ap_pestana@hotmail.com

Read Full Post »

%d bloggers like this: